Sonho

Estou numa casa. O ambiente é kafkiano. Um medo, meu irmão Pedro está comigo. O que buscamos? Aparentemente sei da existência de animais lá e gostaria de mostra-los ao pequeno. Adamos por lugares estranhos e, ao fim de um corredor, vemos um vulto humano. Alguém de humanidade má, suponho. Peço a ele autorização para ver alguns cães, faço isso timidamente pois receio algo. Penso comigo mesmo:”ele deve imaginar que somos ladrões”. O homem se aproxima e grita qualquer coisa. Não entendo, mas respondo assim mesmo dizendo a ele “não sou ladrão se fosse não traria meu irmãozinho, estamos aqui para ver animais”. O sujeito nos olha um pouco e abre uma porta. Vemos uma grade e cães ferozes latindo violentamente. Lembro no sonho de já ter sonhado em mesma localidade. O elemento novo é Pedro. Só penso em poder salva-lo. Nesse momento percebo os cães mordendo raivosamente o braço do homem, o sangue dele escorria e se aproximava de nós. Estranhamente o sujeito não parecia sentir dor e nos olhava friamente. Como fizera sozinho em outro sonho, decidi correr e voltar ao aconchego do lar. Coloquei Pedro nas costas e corri. Havia varias portas. Para serem abertas cada uma tinha um segredo. Mas quais segredos? Acho que burlei-os, todos, um por por um. Cheguei ao jardim. Reconheci o lugar. Foi ali que vivi meu padecimento. As plantas se juntaram contra nós (mais uma vez)… Nossa batalha contra elas parecia uma luta para não esquecer porque haviamos chegado ali e a razão de não podermos sair.

Acordo com a lembrança. O olhar do homem com o braço mordido pelos cães é o que mais me apavora. Espero não mais sonhar dessa maneira…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s