Relendo Antonio Candido

O trabalho do crítico literário Antonio Candido dialoga de maneira intensa com a sociologia da literatura no Brasil. Suas visões acerca dos ofícios da crítica literária e da sociologia da literatura se encontram, em certo sentido, condensadas em seu clássico Literatura e Sociedade. É preciso, pela influência do mestre na nossa vida intelectual, fazer uma leitura crítica do marco regulador da crítica literária de matriz sociológica tal como é conduzido e exposto em Literatura e Sociedade.

Desde minha tese venho pensando em analisar com mais atenção os contornos formalistas e as escolhas feitas por Candido que – apesar de estabelecer uma relação tensa e complexa com a sociologia – revela, em vários momentos-chave de seu texto, o cerne maduro contido na solução da redução estrutural, método que inverte a hierarquia disciplinar, elevando e elegendo a crítica e seu foco como forma privilegiada de lidar com os objetos literários.

 O impacto dessa eleição velada feita pelo crítico em nosso meio é imenso: um verdadeiro “filtro humanista” tende, a  partir desse mote de inclinação formalista, a funcionar como metro da operação que leva a sociologia da literatura a ser entendida em seu melhor aspecto, na visão concebida por Candido naquele momento, como uma sociologia das formas literárias. A sociologia da literatura stricto sensu se torna assim, dentro dessa perspectiva, uma maneira limitada e reducionista de entender o fenômeno literário.

Minha intuição diz o seguinte: Candido pode ser visto como o crítico literário mais importante do século XX . É reconhecidamente um dos mais sensíveis ao tratamento sociológico da literatura. Justamente por essas razões, reflito, mais do que nas obras que simplesmente rejeitam ou demagogicamente aceitam a sociologia como ferramenta de estudo da literatura, a obra de Candido traz complexidade à relação entre sociologia e crítica literária. Ela torna possível visualizar melhor, por isso, as razões pelas quais, no Brasil, a sociologia da literatura tem tido contorno bastante específico, geralmente ligado à sociologia das formas literárias.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Relendo Antonio Candido

  1. Amigo, nao poderia estar mais de acordo com seu breve analisis da obra do mestre Candido. Eu sou chilena e estou escrevendo a minha tese de doutorado sobre a obra do profesor Candido, pouco e mal conhecido nas minhas terras.
    Um abraco grande!
    Rebeca

    • Rebeca: obrigado pela leitura e comentário. A título de curiosidade minha, sobre o que versa sua tese a respeito de Candido? Em todo caso, bem vinda à seara de estudos sobre o mestre. Grande abraço.

  2. De passage a Fortaleza pour une conference sur le “faible interet de la notion de Postmodernite en art” je decouvre ton blogue Jampaolo et je te salue
    Norbert Bandier

    • Je suis bien content (et surpris) d’avoir ce petit mot. Je sais que tu le sait, mais je te dit quand même: tu est le bien venu si t’as la possibilité/envie de passer quelques jours à Recife. Bien à toi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s